Siga-me no Facebook Inscreva-se no meu Canal Siga-me no Twitter
Document

Quem Sou.

Nascido em Maio de 1983 na cidade de Cajazeiras – sertão da Paraíba – Glauco Meireles teve seu “despertar” musical logo cedo, por volta dos 07 anos de idade, onde junto do seu irmão caçula arriscava os primeiros passos cantando - em encontros de familiares e amigos dos seus pais - grandes nomes de destaque da música brasileira na época, além de outros que veio a conhecer através dos LP’s apresentados por seu pai e que vieram a influenciá-lo num estilo eclético de ouvir música.

No ano de 1998, aos 15 anos de idade, ainda atraído pela música e no desejo de lançar-se ainda mais no conhecimento dessa arte, sua mãe o incentivou e presenteou com um violão que ela também ganhara aos 15 anos de idade. Desde então, ele iniciou os estudos básicos na música e passou a intensificar a prática do instrumento participando de eventos culturais no CEFET – CJZ e junto de Grupos Jovens da Igreja Católica, chegando a ser, dois anos depois, reconhecido e premiado em um Festival de Música Católica promovido na sua cidade como Revelação Jovem na Música Católica.

Entre os anos de 2001 e 2003, Glauco prestou serviço militar ao Exército Brasileiro através do TG 07-011 Cajazeiras e na ocasião a música também lhe falava mais alto, uma vez que foi nomeado pelo então 1° Sargento Chagas a ser o chefe da fanfarra dessa guarnição; além de ter sido também convidado a se integrar a fanfarra do tradicional Colégio Diocesano Padre Rolim da cidade de Cajazeiras pelo então maestro Jocerlando, mesmo sendo o único que não era aluno do colégio na ocasião.

Em Maio de 2009 - já residindo na capital João Pessoa por trabalhar em uma empresa privada - Glauco deu os primeiros passos profissionais como músico(cantor e violonista), através do apoio de amigos e da família, passando a atuar em barzinhos e shopping center’s dessa cidade.

Junto do empenho e doação ao trabalho com a música surgiram convites para apresentações em eventos particulares e em locais de grande destaque musical nas noites paraibanas, além de entrevistas em programas de Rádio. Glauco passou então a apresentar-se em cidades como João Pessoa, Sousa e Cajazeiras (sua terra natal). Seu jeito próprio de interpretação, timbre vocal diferenciado e variado repertório que vai desde grandes nomes da MPB e da Bossa Nova até os mais variados gêneros e estilos como o POP, Rock, Sertanejo, Forró, Românticas, além de passar também por ícones da música nordestina, acabam agradando e chamando a atenção de um público variado e exigente que costuma freqüentar suas apresentações.

Em 2010, quando já estava mais do que claro que o profissionalismo o chamava para a uma responsabilidade cada vez maior com a música, Glauco buscou seu crescimento junto a EMAN (Escola de Música Anthenor Navarro), uma das instituições de ensino mais renomadas em João Pessoa e que já foi berço acadêmico para tantos nomes da nossa música local como Luiz Carlos Duriêr(Maestro da OSPB e OSJPB), Rogério Borges(Professor e Arranjador) e Heleno Feitosa Costa - Costinha(Professor e Saxofonista).

Vendo os pedidos do público e também a necessidade de expandir ainda mais o seu trabalho, Glauco Meireles aceita o desafio de fazer a gravação do seu primeiro CD intitulado “Ao seu Gosto” e, numa parceria com o John People Bar e o Pro-Master Live Recording Studio, grava o seu CD Ao Vivo em 27 de Agosto de 2010.

Gravar um CD era um desafio que ele não tinha vivido ainda e fazer essa gravação trouxe a esse momento além de muita emoção, uma grande expectativa sobre a resposta do público; e a resposta veio!

Já com o CD gravado, ele mais uma vez recebeu convites de emissoras de Rádio para ser entrevistado, falar um pouco mais sobre essa nova fase como intérprete e foi entrevistado em Programa de TV Ao Vivo em Outubro desse mesmo ano, além de ter participado no decorrer de 2010 de algumas Festas de Padroeiras no Alto Sertão da Paraíba e aproveitado o momento para apresentar melhor seu trabalho nessas ocasiões.

Quando 2011 chega, além de apresentar rotineiramente seu trabalho em barzinhos e shopping center’s de João Pessoa, apresentar-se também em cidades do interior do estado e agora também em festas de Padroeiras, dois momentos muito especiais coroam esse ano em seu trabalho: a sua participação no Lual das Tribos (organizado pela Comunidade Católica Shalom e realizado na Praia de Tambaú) e o convite para ser entrevistado pela dupla Os Nonatos no Programa Cantos e Contos no quadro Mesa de Cultura.

O trabalho com a música e as parcerias começam a gerar frutos e momentos ímpares para Glauco Meireles. Um desses momentos acontece logo no início de 2012 quando ele é convidado pelo Trombonista e Professor da UFPB(JP) Sandoval Moreno a participar como cantor e violonista em um show que comemora seus 30 anos de trabalho com a música.

O ano estava apenas começando porque depois desse momento, 2012 viria a ser marcado por outros importantes como os shows de pré-lançamento e lançamento do seu novo CD que aconteceram na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes; show dentro do Projeto Tardes Literárias do SENAC – JP; participações Ao Vivo em programas de rádio como o Polêmica Paraíba da FM 101,7; convidado pela TV Cabo Branco como cantor e compositor a homenagear a capital paraibana com seu trabalho e sua música Redescobrindo João Pessoa quando a cidade completava seus 427 anos; convidado para gravar juntamente com sua banda o Programa Cantos e Contos, apresentado pela dupla Os Nonatos e que foi ao ar pela TV Correio; realizou show beneficente em prol da Campanha Solidária Contra o Câncer de Mama; foi entrevistado pela equipe do Programa Paraíba Agora da FM 101,7; participou Ao Vivo, cantou e debateu sobre pontos importantes para a música nos dias de hoje no Programa Happy da TV Master; além de ter seguido com sua rotina de trabalho em várias cidades do estado da Paraíba.

Com a chegada de 2013, o calor do início do ano em João Pessoa traz novas oportunidades de apresentar seu trabalho, e essas oportunidades são muito bem recebidas. A prova disso está quando ele é convidado a realizar um novo show na Estação Cabo Branco – Ciência, Cultura e Artes - dentro do Projeto No Calor da Estação e que teve uma ótima resposta do público em termos de presença e calor humano.

Quando chega o mês de Junho Glauco Meireles não fica parado e bota os seus conterrâneos de Cajazeiras, em plena semana do São João, para dançar o melhor do Forró ao som de muito Xote, Baião e Marchinhas Juninas...trazendo suas composições autorais, e músicas que vão desde os sucessos populares mais antigos até os mais atuais, porém sempre buscando valorizar e respeitar as raízes do bom e autêntico forró defendido pelo nosso saudoso mestre Luiz Gonzaga e seus verdadeiros discípulos musicais.

No mês seguinte, ele é entrevistado pela equipe da TV UFPB num programa que levou o nome de sua composição(Redescobrindo João Pessoa) e às vésperas de mais um aniversário da capital paraibana, falou como surgiu essa composição que homenageia a cidade que muito bem o recebeu e onde ele hoje reside. O programa foi ao ar pela TV Brasil em rede nacional.

Quando o mês de Agosto chega, além da cidade de João Pessoa, nesse ano Glauco Meireles recebe pela primeira vez uma homenagem pelo composição feita a cidade. Essa homenagem foi feita através de cartazes, teatro e claro, a música Redescobrindo João Pessoa foi cantada pelos alunos da Escola Lions Tambaú (Bancários – JP) e emocionaram o cantor e compositor ao ver tamanho carinho com seu trabalho.

Ainda em Agosto, rompendo as fronteiras da Paraíba, pela primeira vez Glauco Meireles se apresentou com sua Banda em outro estado e o show aconteceu na cidade de Pau dos Ferros (RN) e, pra alegria do público que marcava presença e também do artista, o show foi um grande sucesso.

Agora com um novo projeto que é a Glauco Meireles e Banda Conceito (Banda Baile), ele se apresenta mais uma vez no Programa Feminíssima da TV Tambaú e é entrevistado na ocasião pela apresentadora Marcelle Mosso.

Ele diz estar muito satisfeito por tudo o que Deus lhe tem proporcionado viver após ter iniciado a sua caminhada profissional na música, mas que ainda a muito a ser feito, vivido e grandes sonhos e projetos a serem concretizados daqui em diante.

O próprio Glauco Meireles costuma dizer que através da família e dos verdadeiros amigos dados de presente por Deus, ele aprendeu que não se deve baixar a cabeça diante das dificuldades encontradas hoje no caminho para o sonho de amanhã e que, para ele, são belas, verdadeiras e incentivadoras as palavras dos grandes poetas e compositores Renato Russo e Flávio Venturini:

“...quem acredita sempre alcança!”.

Document
© Copyright 2013 - Todos os direitos reservados Glauco Meireles